Realizou-se no passado dia 18 de Novembro de 2016, na Cidade do Lubango, Província da Huíla, a IV Assembleia Geral da Cooperativa O Nosso Zimbo, a primeira a realizar-se fora de Luanda. A Assembleia contou com a presença do Delegado Provincial de Finanças da Huíla, na qualidade de anfitrião, dos membros dos órgãos sociais da Cooperativa e de todos os Pontos Focais do país.

No final da Assembleia, foram adoptadas as seguintes deliberações:

1. Aprovação dos Relatórios de gestão e contas dos exercícios económicos de 2014 e 2015, tendo tomado boa nota do grau de execução das actividades programadas para esses períodos;

2. Aprovação dos Planos de actividades para os exercícios de 2016 e 2017;

3. Aprovação do orçamento para o ano de 2016 e aprovação com recomendações do orçamento para o ano de 2017, no sentido de ser revisto no final do mês de Junho de 2017, em Assembleia Geral Extraordinária e restrita;

4. Aprovação das propostas de revisão do estatuto orgânico e do regulamento interno da Cooperativa.

 

De realçar que na Assembleia Geral, realizada no dia 6 de Dezembro de 2013, a Direcção Executiva da Cooperativa enfatizou as dificuldades que os autores dos Estatuto e do Regulamento Interno tiveram por ausência de um quadro legal que regulamentasse as Cooperativas, bem como de um paradigma para a sua organização, estruturação e funcionamento. Apesar dessas dificuldades, a Direcção da Cooperativa empenhou-se em fazer o melhor no interesse da própria Instituição e de seus associados, recorrendo, sempre, a especialistas das áreas concernentes.

Entretanto, a regularização das Cooperativas só teve lugar com a Lei n° 23/15, de 31 de Agosto, definindo os marcos legais de funcionamento e princípios das Cooperativas, seus direitos e deveres, bem como direitos e deveres dos seus associados, razão pela qual, houve necessidade de se adequar os presentes textos do Estatuto e do Regulamento Interno da sociedade O NOSSO ZIMBO – SOCIEDADE COOPERATIVA DE HABITACAO, SCRL à Lei acima referida, durante esta IV Assembleia Geral.

Foi opinião generalizada dos participantes ao evento em causa de que o mesmo superou as expectativas e nele foram debatidos assuntos cuja implementação contribuirá para o fortalecimento da associação e o alcance de objectivos que sirvam todos os cooperados. 

 

Veja as imagens a seguir: